segunda-feira, setembro 11, 2006

11/9

Desconfio que nunca me habituarei às imagens das torres atingidas por dois aviões. E das torres gémeas a cair. A nuvem de poeira a cobrir toda a baixa de Manhattan. As imagens parecem irreais. Não é possível.
Hoje ao ver na SIC Noticias aquele documentário feito sobre uma corporação de bombeiros de NY, que milagrosamente escapou sem uma única baixa, dei por mim a pensar que, provavelmente, os autores e os pensadores dos atentados daquele dia, não tinham, eles próprios, ideia da magnitude da tragédia, a dimensão do crime que iam cometer. Será que sabiam que as torres iam acabar por cair? E será que sorriram, ao ver pela televisão que afinal ia morrer ainda mais gente? Ou nem eles pensaram que o impacto dos aviões e consequentes incêndios iriam acabar por derreter as estruturas dos edificios?
Durante os minutos entre os impactos e a queda das torres, nunca vi ninguém nas televisões a dizer, por uma vez, que existia esse risco. Que as torres não iam aguentar. Por isso a minha dúvida. Será que os autores desta selvajaria sabiam isso, ou para eles foi um bónus? Será que depois foram para a rua, em festa?
As torres gémeas desmoronaram-se. E isso é abslolutamente incrível, sobretudo para quem viu as torres de perto, e teve a oportunidade de ir até lá a cima.
Fui duas vezes. Guardo a imagem de um átrio imponente, janelas enormes, só luz por todo o lado. E tons de dourado, lembro-me disso. Lembro-me também da estação de metro. Da pizzaria onde almocei. Da livraria que ali existia, à saida da estação do metro. Lembro a praça com as esplanadas, junto ao Marriot, a esfera de ferro gigante, que no dia da tragédia ficou mais de 10 metros debaixo de um chão de entulho, aço retorcido, cimento, poeira, e pedaços de corpos...
Lembro-me, das minhas visitas ao WTC, que no elevador os andares eram contados de dez em dez no mostrador de números vermelhos. Sentia-se a altitude, a pressão nos ouvidos. Lembro-me que chegava-se lá a cima, havia um andar que era um miradouro, mas podia subir-se mais ainda, até ao terraço, usando uma escada rolante. Lembro-me de ter visto o filme com a visita virtual de helicóptero a NY, numa mini sala de cinema que existia lá em cima. Tão perto do céu.
Numa das vezes que fui ao WTC, tirei esta fotografia.
As imagens dos atentados de 11 de Setembro vão ficar para sempre. E para mim, vão ficar ainda mais marcantes , porque eu estive lá, eu olhei, percorri, toquei aquelas torres gigantescas, duas vezes. Um prédio assim não cai! Cairam os dois. Morreram cerca de 3 mil pessoas, ali, naquela manhã.
Desde que aconteceu o 11 de Setembro, eu ainda não tive oportunidade de voltar a Nova Iorque. Quando lá fôr, quero ir ao sítio onde, um dia, tirei esta fotografia. Quero olhar aquele vazio, em silêncio. Sei que ninguém jamais terá resposta, mas tenho a certeza de que quando lá fôr, vou dar comigo a pensar, de novo: mas como é que isto foi possível?

53 Comments:

At 12:43 da manhã, Blogger Šonђo Ažu£ said...

Acredita que sempre que vejo imagens desta tragédia penso o mesmo do que tu.
Deixo aqui neste espaço a minha imensa tristeza, tal e qual como à 5 anos atrás...

E um grande beijo para ti Pedro,
que fazes deste espaço, um dos meus preferidos.

 
At 1:00 da manhã, Anonymous Anónimo said...

Passados estes anos as repetidas imagens e relatos não atenuaram a tristeza e a revolta...E a pergunta é mesmo essa...como foi possivel? E como dizia um bombeiro no documentario por mais que se feche os olhos e se tente acreditar que tudo não passou de um pesadelo, ao abri-los as torres não estão de facto lá...

PS: Muitos parabéns por este espaço de reflexão e partilha!

 
At 1:04 da manhã, Blogger giZmo- said...

É um ponto de vista que eu ainda não me tinha lembrado, será que os gajos nunca pensaram que seria muito pior?

Grande P, grandes textos, grande abraço!

 
At 1:10 da manhã, Blogger HB said...

Eu também ainda me pergunto como foi isto possível.
No documentário vi que nem os bombeiros pensavam que as torres ruissem, por isso não sei se os responsáveis tinham planeado isso.
Antes do 11/9 nunca imaginava que tal coisa podia acontecer, e só passado algum tempo é que dei conta da magnitude do incidente. Ao fim destes anos continuo a ficar chocado ao ver as imagens.

Grande blog, Pedro!

P.S. Visita o meu de piadas tipo ribeirinhas, se quiseres. (O link está no perfil)

 
At 1:11 da manhã, Anonymous Pedro said...

Bom texto Pedro

Felizmente também tive oportunidade de visitar o WTC. Curiosamente também lá estive 2 vezes...
É impressionante como tal grandiosidade é devastada de uma forma tão cruel e tão brutal.

Já tive a oportunidade de lá voltar em trabalho e acredita que o sentimento que te vai assolar o coração é de um enorme vazio e de uma grande tristeza e até raiva, muita raiva...

Se já adorava aquela cidade, agora, além desse sentimento, nutro uma enorme admiração por todos os nova-iorquinos. Gente fantástica e muito corajosa.

Abraço

Pedro

 
At 1:23 da manhã, Anonymous Pedro Fonseca said...

hb, desculpa mas isso é um insulto às piadas ribeirinhas. Piadas ribeirinhas não é sinónimo de "secas". Muito pelo contrário.

 
At 1:37 da manhã, Anonymous Ribeirinhódependente said...

Bonito texto, nota-se bem o sentimento....;)
Essa manhã foi das mais marcantes da minha vida! Lembro-me de acordar e ja ter toda a gente especada na sala a ver as noticias! Esfreguei 2 vezes os olhos para ver se tava a sonhar, infelizmente nao era sonho, era pesadelo! Pergunto-me como as pessoas que fizeram isto conseguem deitar a cabeça na almofada à noite...

Resta lutar, para que tal nao volte a acontecer...e paz a todas aquelas almas que sem culpa nenhuma partiram mais cedo.

 
At 1:47 da manhã, Blogger mWm said...

É bastante triste.

Agora anda aí um documentário com uma conspiração do caraças!
Que foi tudo planeado pelos americanos... se encontrar no youtube ponho aqui.

 
At 2:55 da manhã, Blogger Joana (Dra-D) said...

11/9/2001 (diz tudo)

 
At 9:49 da manhã, Blogger BlueAngel said...

Tb vi o documentário e tb pensei nisso. Afinal aquelas pessoas são profissonais e devem estar preparadas para tudo, principalmente com a formação que têm. E, de facto, ninguém equacinou a possibilidade de queda das torres. Não se consegue ficar indiferente a esta data. ainda me lembro da carra do Paulo Camacho na SIC quando a segunda torre foi embatida pelo avião e quando a primeira caiu. Deve ter sido basicamente uma semelhante à que eu própria fiz. O documentário estava muito bem feito e, por sinal, com uma crueldade que não sendo propositada mostrou aquilo que todos (aqueles que têm sentimentos) sentiram naquele dia e naquele momento.

 
At 10:01 da manhã, Blogger jorgemandingas said...

Bom dia Pedro!
Foi a primeira vez que visitei o teu blog, e como se diz aqui nas bandas do Alentejo profundo, devia ter metido uma pedra na boca... Mas uma coisa é certa, fiquei com a ponta do nariz colada ao monitor a ler o teu texto sobre os atentados de há cinco anos no WTC! Nunca tive essa (magnifica) oportunidade de visitar as torres gémeas, e por razões óbvias, jamais terei esse privilégio! De qualquer forma, e após ler o teu texto, não resisti a comentá-lo... é por todos estes motivo e mais alguns que embora tenha o enorme fascinio de conhecer outros povos e culturas, jamais algum cantinho no mundo se irá comparar ao "meu" querido alentejo... Espero que visites o meu blog, e passemos a partilhar ideias e opiniões... Eu a partir de hoje, sempre que possa, vou aparecendo aqui no teu, e deixando umas ideias e opiniões... Um abraço (com uma palmadinha nas costas)!

 
At 10:32 da manhã, Blogger T-Rex said...

E o mundo nunca mais será igual...

Vedeta ou Marreta?

 
At 10:35 da manhã, Blogger Tiago Franco said...

Visitei as torres sensivelmente um ano antes do atentado. Lembro-me de olhar para baixo(no tal andar antes das escadas rolantes), com vidro debaixo dos pés, e ter uma sensacão de medo, perante a altura a que me encontrava. Um pequeno ponto amarelo, distorcia a imagem de um táxi e demonstrava o quão perto do céu estava.
Não há palavras para descrever esta atentado. Há teorias, hipóteses e raciocínios que o procuram interpretar, não mais do que isso. Mais de 3000 pessoas que por ali passavam, trabalhavam ou visitavam, não regressaram a casa. Eram civis de diversas partes do mundo, que nada tinham a ver com decisões políticas. Morreram, foram assassinados. Não há espaco para isto num mundo que se procura civilizado, não há..
Mas no fim, tens razão, resta a incredulidade do "como foi possível?"

 
At 10:42 da manhã, Blogger asdrubal tudo bem said...

Parece-me evidente que ninguém pensou que tais atentados tivessem consequências tão graves da mesma maneira que me parece evidente os responsáveis pela segurança das torres estavam claramente mal formados e não tinham a minima ideia da dimensão do desastre pois em todos os documentários que vi até hoje em nenhum se vê que alguma vez tenha havido uma ordem clara para evacuar as torres isto para não falar na falta de condições de segurança das próprias torres para evacuação de milhares de pessoas.

 
At 11:05 da manhã, Anonymous Anónimo said...

Lembro-me desse dia como se fosse hoje ,de uma colega minha, depois de ter ido beber um café,dizer "olha foi um avião contra WTC " e todos nós saimos para o café para ir ver afinal o que se estava a passar , quando se vê ao longe o segundo avião a chocar com a 2ª torre em directo na TV.
Nunca mais me vou esquecer da cara das pessoas que comigo estavam no café .

 
At 11:12 da manhã, Anonymous Anónimo said...

Na minha modesta opinião a queda das torres foi claramente um bonus para Bin Laden, aliás num dos videos que se vê dele a seguir ao atentado, a sua maior felicidade é mesmo a queda das torres, farta-se de repeti-lo com gestos e palavras.
É óbvio que quando acontece uma coisa destas pouco ou nada há a fazer, mas depois de ter visto um documentario da BBC ontem, acho que as torres não tinham propriamente um grande plano de evacuação e os extintores automaticos não funcionaram, tb não iam servir de muito, mas sempre davam algum alivio àquelas pessoas que ficaram presas nos andares acima dos embates. Pode ser que tenha servido ao menos para melhorar a segurança naqueles grandes edificios.

Pedro Almeida.

 
At 11:13 da manhã, Blogger RM said...

É triste. Seja quem for que tenha arquitectado este dia, certamente nunca pensou que o resultado final fosse este.

Estava numa sala de cinema à hora a que os atentados aconteceram. Lembro-me de ter saído e ouvido as pessoas a dizer que aviões tinham batido contra o WTC e que as torres tinham caído. Lembro-me de pensar, por breves segundos, em acidente. Até perceber que tinham sido as duas torres.

Lembro-me de ver, nesse dia e nos seguintes, imagens de pessoas com turbantes a festejarem na rua. Lembro-me de ter ficado incrédulo.

Ainda hoje me custa a acreditar que num dia todo o mundo pode mudar. E que há sempre inocentes que sofrem por causa de decisões políticas.

No fim de semana passou na 2 um documentário bastante inquietante, e que me fez ficar a pensar, sobre os atentados, mas sobretudo sobre alguns factos que permanecem por explicar. O documentário chama-se "Loose Change - Second Edition", tendo em Português sido traduzido para "Conspiração Interna".

O documentário Loose Change - Second Edition está disponível no Google.

 
At 12:04 da tarde, Anonymous Anónimo said...

O que aconteceu vai para sempre ficar na história e marcado na memória de quem viu aquelas imagens horrendas, o drama de todas acquelas pessoas que se encontravam no interior do WTC, uma grande parte delas sem saber o que realmente se estava a passar. Mas o pior disto tudo são as razões que lhe estão subjacentes, como é que se pode usar a religião ( que supostamente fala de amor tolerancia) ser usada como pretexto para tais barbaridades. As diferenças existem e sempre existirão, mas a beleza do mundo e dos povos reside nessa diferença cultural, temos é de aprender a tolerar e aceitar os outros e a diferença, nunca nos tentando impor ou deixar que se imponham. Se assim não for, cenários similares infelizmente continuarão a surgir.
CVP

 
At 12:07 da tarde, Blogger Maria H said...

Continuo triste!!

 
At 12:58 da tarde, Anonymous Anónimo said...

ola
costumo visitar o teu blog, mas nunca comentei. achei que hoje tinha um bom motivo. ontem à noite estava a passar de canal para canal até que parei na rtp1. estava a dar um documentario que me deixou boquiaberta. talvez o "documentário com uma conspiração do caraças" a que já se referiram. acontece que nao me parece ser um conspiraçao por parte de quem fez o documentario. até porque mostram como muitas coisas nao batem certo. por exemplo, reparaste como as torres caíram tao certinhas? nas gravações que passam muitas vezes na televisão tu consegues ver (se reparares com atenção) numa data de (pequenas) explosões enquanto o edificio vai caindo. tipo aqueles edificios que estao a ser derrubados com explosivos. Eles focam muitos outros "mal-entendidos". vale mesmo a pena ver. enquanto via pensei para mim mesma "então mas o bin laden não tinha dito ter sido ele o autor dos atentados?". pois bem. eles também explicam lá isso. o que veio publicamente foi uma filmagem copm muito pouca qualidade em que o homem que lá está pode muito bem não ser o bin laden. aliás, o bin laden é canhoto e aparece nessa gravação a escrever com a mao direita. ha uma certa altura que ele levanta a mão e é bem visisvel um anel de ouro. segundo uma lei islâmica qualquer isso não é permitido. estranho nao? o proprio bin laden nao me lembro onde (sim, porque o documentario tinha tanta informaçao que eu nao tinha ainda "digerido" bem o que tinham acaabado de dizer e já vinham com outro contra-argumento, logo é bem possivel algumas coisas não estarem totalmente claras) disse que não tinha sido ele o autor. também ha muitas coisas que nao batem certo com o voo 93 e o supostio ataque ao pentágono. é um documentário que aconselho vivamente a ser visto. nem que seja para ver e ouvir outras teorias sobre o 11 de setembro.

parabéns pelo blog

 
At 1:07 da tarde, Anonymous Anónimo said...

É muito triste, mas mais triste é pensar que afinal tudo isso pode não ter passado de uma "representação" para justificar uma invasão ao Afeganistão (e de preferência tb aos outros países do "denominado" eixo do mal). Já Thierry Meyssan questionava os vários acontecimentos desse dia nos seus livros e o documentário q alguns comentadores deste blog mencionam (Loose Change) levanta ainda mais a dúvida sobre o q realmente aconteceu.
Quem vê as torres cair não pode certamente deixar de pensar como é que elas cairam tão rapidamente. E não pode também sossegar uma pulguita atrás da orelha q lhe diz: q raio, parece mesmo uma implosão....
Se esta teoria da conspiração é verdade ou não, só os responsáveis por tudo isto o saberão, mas lá q levanta muitas dúvidas, lá isso levanta.

Quanto a ti Pedro, parabéns pelo excelente trabalho e continua!

 
At 3:01 da tarde, Blogger Mary said...

Nunca estive no WTC. Para mim existe um vazio visual quando olha para NY.
Tal como o rm, também vi o documentário na RTP2, e devo dizer que deixou-me a pensar e muito nos acontecimentos desse dia. Sabemos todos que ficaram muitas coisas por explicar e são estas tais coisas que o documentário tenta esclarecer. Verdade? Mentira? Who knows?
Custa-me a aceitar que a administração Bush tenha arquitectado toda aquela tragédia em nome do dinheiro e do poder. Mas será ímpossivel?
Descanso eterno aos que morreram e paz aos familiares e amigos!!

 
At 3:07 da tarde, Anonymous francisco said...

Quanto à dúvida inicial que colocaste Pedro creio que efectivamente os autores do atentado tiveram em conta essa possibilidade. Com efeito, num dos dias seguintes ao atentado ouvi na televisão um perito norte-americano ter dito que o modo como os aviões se projectaram contra as Torres não foi feito ao calhas, mas sim já determinado de modo a embater num ponto estratégico que pussesse em causa toda a estabilidade do edifício. Aliás, o próprio Bin Laden meses mais tarde quando aborda o assunto diz que a ideia de deitar as torres abaixo surgiram de um ataque norte americano algures no médio oriente, em que umas torres acabaram por desabar em virtude desse ataque. Em suma, os autores souberam bem aquilo que pretendiam, como queriam, pelo que a dimensão do horror foi bem avalizada por eles.

 
At 3:28 da tarde, Blogger Florença said...

Mais arripiante é visitar NY após o incidente... Senti que no local, actualmente rodeado por grades, ouvia os gritos das vitimas do atentado, em surdina. Aterrador!

 
At 3:30 da tarde, Blogger trinta_paus said...

A quantidade de opiniões que se podem ver, mostra a irrealidade dos factos. Ainda ninguém consegue ao ceerto perceber como tal aconteceu. Se tudo tivesse sido um filme, estariamos certamente a crucificar o realizador pelo excesso de efeitos e pelo exagero. "alguma vez seria possivel fazer aquilo com 2 aviões? Epah as duas torres caírem foi um exagero". Estes seriam 2 comentários mais que certos ao sair da sala de cinema. O que é certo é que passaram 5 anos. Não foi um filme. Não haviam duplos. A realidade dói ainda mais por não haver espaço para ela na nossa compreensão. Ainda me lembro quando 2+2 eram 4. Agora já não tenho bem a certeza...

 
At 3:32 da tarde, Anonymous Anónimo said...

estive recentemente em NY. nunca la tinha estado antes, mas mm asim impressionou-me a escala a área do fosso que lá está. tentei imaginar o tamanho das torres, seriam sensivelmente o dobro dos restantes predios que lá estavam.. tentei imaginar, ao andar por akelas ruas, a sensaçao das pesoas que por aali passavam e k viam um simbolo de durabilidade esmorecer perante os seus olhos...
não dá para imaginar...


Ni

 
At 4:36 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Horrível. mas o horror não acaba com o atentado, a queda, o terror...Segundo o documentário 'conspiração interna'da Dois há factos estranhos. Resumo alguns: 1)Já outros aviões colidiram com arranha-céus (Ex. Venezuela) e não cairam porquê cairam os dois edifícios cujas as estruturas estavam certificadas por entidades independentes? 2) Como é que o combustível libertado pelos aviões casou a degradação das estruturas ricas em aço se a maioria foi libertado antes embate e se temperatura do combustível só subiu até aos 1200ºC e o aço só se degrada a cima de 2800ºC-3000? 3)Como se explica, antes do atentado, constantes subidas em bolsa das cotações (registados nos discos rígidos de pc's do WTC) da United Arlines, Boeing e depois do atentado o desaparecimento de 1bilião de barras de ouro da cave do WTC? 4) não será estranho o WTC ter sido comprado antes do atentado - Abril/Maio de 2001 - e ter sido feito um seguro fora do normal (com cláusulas específicas para terrorismo)? E depois do embate, as explosões que ocorreram junto das estruras de aço (juntas-elevadores) e que se veêm nos filmes e fotos tiradas?
Atenção: por mim houve desvio de aviões - atentado terrorismo - mas não só! Os serviços secretos já sabiam do atentado - modus operandi, local e perfil das pessoas - e houve aproveitamento disso. Não havia razões? o ouro, seguros, petróleo, armas, ópio (Afeganistão maior produtor do mundo, não? Outro JFK?
Obrigado

 
At 4:39 da tarde, Anonymous nia said...

É de todo impossivel ficar indiferente ás imagens k tds vimos. Por mais vezes k estas se repitam ninguém é capaz de se habituar a tal brutalidade...

À pergunta que tds fazem "como foi possível?", não tnh resposta... ninguém tem, mas há quem recolha factos e tente desvendar pequenos promenores k podem vir a ter uma elevada importância...

Take a look at http://www.loosechange911.com/

este documentário já passou na tv portuguesa e digo-vos uma coisa depois de ver com atenção não acredito que certos factos não ponham as pessoas a pensar k afinal há aki alguma coisa mt mal contada!

P.S.:
pedro mts parabéns pelo blog!
absolutament fantástico!

 
At 5:26 da tarde, Blogger CG said...

Nesta tragédia é impossivel não compartilhar o choque dos americanos e todos os outros que directa ou indirectamente foram atingidos...

 
At 5:31 da tarde, Anonymous Anónimo said...

http://cartasbatidas.blogspot.com/2006/09/e-porque-hoje-o-mundo-tem-os-olhos.html

 
At 7:05 da tarde, Anonymous red said...

É triste, foi triste, e como naquele dia, hoje continuam a morrer inocentes devido ao 11 de Setembro!! E que ficou muita coisa por explicar, ficou. Daí comentários conspirativos fazerem algum sentido, à falta de uma explicação oficial coerente, é normal que se procurem outras!

 
At 8:29 da tarde, Anonymous Crezia said...

Também vi o documentário. Incrível. Ainda vejo o momento em que caem levando as mãos à cabeça. Impressionante. E pensar que caem com tanta gente lá dentro ainda, arrador.
E também penso sempre nisso, acho que nem eles pensaram no que iam conseguir. Impossível prever. Acho.

 
At 8:49 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Tambem eu visitei as torres gémeas cerca de um ano e meio antes do 11 de Setembro. Tal como referiste também recordo o video que nos era mostrado, o andar todo envidraçado e o ultimo andar que tinha uma vista absolutamente fantástica.
A mim, as imagens mais impressionantes são aquelas em que as pessoas se atiram cá para baixo... Deve ser, de facto, o expoente máximo do desespero...
Gosto imenso do blog, parabéns :)

 
At 9:27 da tarde, Anonymous marianna :( said...

As teorias são muitas. Não vi esse documentário de que falam mas vi o Fahrenheit 9/11 que também mostra umas ideias interessantes.

Eu cá só sei uma ou duas coisas:
1º - Os americanos (que têm poder, não me refiro ao povo) não são melhores que os "terroristas declarados e assumidos". A diferença é que fazem as coisas sobre a sombra da suposta democracia.
2º - Os terroristas, assumidos e não assumidos, conseguiram o que queriam - todos os anos passam imagens da sua obra, todos os anos nos arrepiamos e ficamos presos à TV a ver as imagens que já vimos centenas de vezes, e sempre que alguém se mete num avião, ou passa em NY, ou até na estação de Atocha (tive lá este verão) nos lembramos do que aconteceu, e nem que seja por meros segundos, pensamos que até poderia acontecer connosco!
Vivemos com medo. Isso dá jeito a muita gente.
(sinceramente, acho que colaboramos um pouco com o jogo deles. Acho que não podemos esquecer, mas também não acho bem "isto tudo" todos os anos)

Também sei que muita gente ganhou com isto tudo...monetariamente e não só!

Enfim! É triste e revoltante...
O Ser Humano pode ser mesmo uma aberração da Natureza! De vez em quando deviam mostrar as coisas boas que alguns também são capazes de fazer...para não perdemos a esperança...!

 
At 9:37 da tarde, Anonymous Tiago Alves said...

Pedro Ribeiro...
Sabes... eu não posso dizer muita coisa sobre o Homem, tenho 16 anos de vida desperdiçada... apenas, mas se há alguma coisa que eu aprendi durante este pouco tempo que por aqui respiro, aprendi que o Homem consegue ser mais limitado que qualquer outro animal muita das vezes.

Eu lembro-me de tudo o que vi nesse dia e fiquei chocado, conhecia de fotos as Torres e era um pequeno sonho que eu tinha... vê las erguerem.se por cima de mim. Aquilo tocou-me, era um puto ainda mais puto que hoje, mas tocou-me de tal maneira que eu fiquei bastante tempo em silêncio a olhar para a senhora televisão e a tentar arrancar alguma coisa dali... até hoje não consegui.

Mas respirando um bocado de ar da realidade consigo perguntar-me se é um orgulho ser desta especie.
Pergunto...é um orgulho ser humano?

Bem faz precisamente hoje uma semana que eu estava no Pavilhão Atlântico a ver os magnificos Pearl Jam... e isto tudo até me faz vir a memoria a letra da 'Do The Evolution' ...

É a primeira vez que passo aqui e gostei muito.

PS: Eles tocaram Better man , tu gostas que eu lembro-me dos tempos da Comercial ;D... tambem deves ter visto.

www.myspace.com/yanzed

 
At 10:58 da tarde, Anonymous scorpiowoman said...

Descobri este cantinho há pouco tempo... e passei a ser visita assídua. Ainda que não comente amiúde, leio e procuro reflectir.
Hoje, como há cinco anos atrás, continuam a afligir-me as imagens (vi o segundo embate em directo), o pânico, a dor e tudo o mais que se possa associar a tão atroz acontecimento, independentemente da verdadeira autoria do mesmo.
Hoje, como há cinco anos atrás, relembro o pânico de não conseguir contactar os amigos que sabia lá estarem e a angústia de ver as horas a passar sem uma resposta. O alívio de descobrir que já tinham partido... na véspera.
Hoje, como há cinco anos atrás, ainda me custa a acreditar.
Até breve...

 
At 1:14 da manhã, Blogger O Casulo said...

se acreditas que as torres cairam porque a estrutura "derreteu" entao aconselho-te a veres "Loose Change".
Indico-te agora estes links dos vídeos do "Loose Change - Second Edition" onde encontras resposta a isso.
A pergunta será mais, quem colocou lá os explosivos?
E foi mesmo um avião que embateu no pentágono?

Links: Loose Change Second Edition (Part 1) - http://www.youtube.com/watch?v=xRd-iA8v89I

Loose Change Second Edition (Part 2) - http://www.youtube.com/watch?v=IJw97CL2Coc

Loose Change Second Edition (Part 3) - http://www.youtube.com/watch?v=dJqqtMQ6pkA


Teoria da conspiração? Enfim.. para a verdade disto vir ao de cima vai demorar muito, mas muito mesmo.

Ou então nunca!

 
At 3:45 da manhã, Anonymous André said...

Passei por aki kuase por acaso e n consegui sair sem comentar este tema interessante.

São episódios como este (do atentado às torres gémeas), que me fazem pensar no quão terrivel pode ser o Homem.

A política para mim, está cada vez mais suja, e o teor de sujidade é directamente proporcional à dimensão do poder internacional do país em questão.

Bush é a entidade máxima nesta hierarquia de lixo...aquele seu "ar santinho" e de consternação em frente ás câmaras, ao falar das mortes ocorridas, que se transforma em gargalhadas quando pensa que filmagem terminou, mete nojo a qualquer um.
Este episódio correu mundo, durante uma das guerras da era Bush.

Quem planta ventos, arrisca-se a colher tempestades.

Revolta-me a morte de tantos inocentes, que sem culpa alguma, foram apanhados no meio da tempestade.

Para ti Pedro,as minhas felicitações pela existência deste espaço de interessante troca de opiniões e útil reflexão.

 
At 4:38 da manhã, Anonymous Zé do Blog said...

Neste momento são as teorias da conspiração que me fazem levantar as maiores dúvidas sobre este assunto... há centenas de perguntas que ficaram por responder até mesmo feitas por um mero espectador sem cursos, sem doutoramentos como eu mas que ao fazer estas perguntas me parece que poderia assombrar os grandes senhores dos EUA!


http://wblogever.blogspot.com/

 
At 9:00 da manhã, Blogger Lídia Amorim said...

realmente para quem lá esteve é dificil de acreditar.

eu tenho uma opinião muito própria sobre o que aconteceu.

Concerteza que quando lá fores vais sentir-te tão vazio como aquele espaço que daqui a um tempo terá um enorme memorial, talvez ainda maior que as duas torres que cairam..

O mundo ficou sem um centro..

Bjokas e boa semana

 
At 10:27 da manhã, Anonymous Anónimo said...

É só para dizer que todas as teorias da conspiração me causam nauseas.
Ainda havemos de chegar à conclusão de que foram os proprios funcionários do WTC que se suicidaram, de que o Holocausto nunca existiu, de que Bin Laden é um personagem da Disney e de que o Elvis vive e é o director da CIA.
Quem matou milhares de pessoas comuns como nós, trabalhadores a caminho do emprego, em NY, em Madrid, em Londres, foram fundamentalistas islâmicos, ponto final, arranjar desculpas para isto é desrespeitar os mortos.
Agora se me dão licença vou vomitar.

Pedro Almeida.

 
At 11:34 da manhã, Anonymous Paulo Solipa said...

Vim aqui pela primeira vez e fico estupefacto com a importância que dão a um documentário sem ponta por onde se lhe pegue e em que todos os pontos são rebatidos com facilidade.

http://www.911myths.com

Só prova que as pessoas ligam a tudo o que lhes contam desde que vá ao encontro do que querem pensar.

Quanto ao blogue, está muito bom. Vou voltar.

 
At 4:22 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Em relação a isso tenho a dizer para quem não viu ainda, e pelos vistos não viram, dois documentários... Fahrenheit 911 e Loose Change 2nd Edition.
Depois de verem digam se ainda pensam da mesma maneira!
Ass: "O Amigo Americano"

 
At 6:03 da tarde, Anonymous Olinda said...

Pois eu tambem estive lá... Fiquei chocada quando vi as imagens na tv. Tenho familia em New Jersey e estive em contacto com eles nakelas horas permanentemente, felizmente ninguem foi para aqueles nados, naquele dia. Eu tenho um video feito por nós que é isto: no ultimo piso da torre que podiamos visitar apareço eu na imagem e um avião lá ao fundo e o meu primo diz olha se aquele avião vem para aqui podia bater na torre, rimo-nos... isto passou-se em 1996, 5 anos antes do atentado. Eramos visionarios ou demos a ideia ao Osama, espero que não, foi uma brincadeira mas imagina o que eu senti e sinto....

 
At 9:34 da tarde, Anonymous Zé do Blog said...

É mais fácil aceitar que foram os fundamentalistas islâmicos do que fundamentar questões sobre o que se passou.
É mais fácil acreditar do que interrogar!

O que se passou chocou e foi real, todos virão. O que está por detrás do que se passou poucos sabem e até a informação transmitida é pouca.

Não digo que seja de uma maneira ou de outra mas questiono-me do que seja. Mas isso sou só eu que tenho a mania de ser curioso e de questionar tudo!

 
At 12:04 da manhã, Anonymous Anónimo said...

Dedico o seguinte texto a todos os "conspiracionistas":

"Loose Brains
Os americanos atacaram outra vez. Porque é que 3 elementos da embaixada voaram ontem para os Estados Unidos? Sabiam alguma coisa? Ontem venderam-se 33.000 títulos de uma empresa que fornece computadores à Casa Branca, ligada a um primo da cunhada da tia de Rumsfeld. Quem comprou? Quem lucrou com estas operações? Um afilhado de Rumsfeld foi visto ontem com uma capa azul debaixo do braço. O embaixador americano em Damasco apareceu há 3 meses com uma capa parecida. Sabe-se que ontem terá telefonado para um número da Virginia. Para quem ligou o embaixador? Onde estava o embaixador quando se deu o ataque? Qual era o conteúdo da capa misteriosa? Porque é que ele não esclarece estas questões? Os atacantes foram abatidos. Já não podem falar. Que conveniente."

ps: para quem não percebeu é um texto irónico.

retirado de: http://ablasfemia.blogspot.com

Pedro Almeida.

 
At 12:11 da manhã, Anonymous Anónimo said...

Mais um, este sim, convenceu-me, tornei-me apoiante da causa conspiracionista :

"Loose Brains", "intelligente design" ou uma nova teoria conspirativa para o 11 de Setembro
(A conclusão final merece alguma reflexão)
O "11" passou a ser um número inquietante .Pode pensar-se que é uma casualidade forçada ou simplesmente uma tontice, mas o que está claro é que há coisas interessantes. Que têm de ser explicadas como ontem disseram Mário Soares e um "intelectual muçulmano" no Prós & Contras. Senão, vejamos:
1 - New York City tem 11 letras.
2 - Afeganistão tem 11 letras.
3 - "The Pentagon" tem 11 letras.
4 - George W. Bush tem 11 letras.
Até aqui, meras coincidências ou casualidades forçadas (será?).
Agora começa o interessante.....
1 - Nova Iorque é o estado Nº 11 dos EUA.
2 - O primeiro dos voos que embateu contra as Torres Gémeas era o Nº 11.
3 - O voo Nº 11 levava a bordo 92 passageiros; a soma dos seus algarismos dá: 9+2 = 11
4 - O outro voo que bateu contra as Torres, levava 65 passageiros; a soma dos seus algarismos dá: 6+5 =11.
5 - A tragédia teve lugar a 11 de Setembro, ou seja, 11 do 9; a soma dos seus algarismos dá: 1+1+9 =11.
E agora o inquietante.....
1 - As vítimas totais que faleceram nos aviões eram 254: 2+5+4 =11.
2 - O dia 11 de Setembro, é o dia número 254 do ano: 2+5+4 = 11.
3 - A partir do 11 de Setembro sobram 111 dias até ao fim de um ano.
4 - Nostradamus (11 letras) profetiza a destruição de Nova Iorque na Centúria número 11 dos seus versos...
Mas o mais chocante de tudo é que, se pensarmos nas Torres Gémeas, damo-nos conta que tinham a forma de um gigantesco número 11.
E, como se não bastasse, o atentado de Madrid aconteceu no dia 11.03.2004.
Somando estes algarismos dá: 1+1+0+3+2+0+0+4 = 11.
Intrigante, não acham??
O atentado de Madrid aconteceu 911 dias depois do de New York.
Somando os seus algarismos dá: 9+1+1 = 11
E AGORA o mais arrepiante:
- VERMELHICES ("site" sobre o benfica: http://www.vermelhices.com/ ), tem 11 letras...foi criado no dia 01.05.2002 e colocado online à 01 hora.
Somando os algarismos dá: 0+1+0+5+2+0+0+2+1 = 11.
CONCLUSÃO DE TUDO ISSO: Bin Laden é benfiquista desde pequenino...

Brilhante !!!

Pedro Almeida.

 
At 10:41 da manhã, Blogger Dagarman said...

Concordo planamente com o Casulo, isto é td mt estranho, eu tb vi esses videos fiquei sem duvidas, os terroristas estao dentro da América, são os grandes barões do petroleo e das armas, que comamdam o governo americano , o coitado do Bush é apenas uma marioneta...só tenho pena e sinto muito que perdessem a vida mais de 3000 pessoas. Cuidado com esses americanos poderosos.

 
At 11:57 da manhã, Blogger LFM said...

Cresci numa sociedade que dá valor à vida e que apesar de lamentar a morte, consegue infligi-la.
Tenho a certeza de que muitos que planearam o trágico acontecimento estão felizes com a magnitude do mesmo.
Também eu lamento as vitimas desta tragédia, mas com ou sem teorias da conspiração, há motivos que a tornaram possível.
Pelo contrário continuo sem compreender porque morre uma criança de fome.

 
At 7:45 da tarde, Anonymous Veloso said...

Imagems arrepiantes que dificilmente se apagarão da Memória.
Blog do veloso....com humor........http://veloso.nireblog.com..............

 
At 12:43 da manhã, Anonymous Anónimo said...

Não me lembro de alguem ter previsto a queda das torres, mas lembro-me de durante a transmissão da TVI nesse dia, após a queda da 1a torre, um Eng. Civil ter dito "é matematicamente certo que a 2a torre vai cair também".

 
At 12:09 da tarde, Anonymous Anónimo said...

vcs n veem documentários? era de valor começarem a faze.lo!

so tenho pena de kem morreu.

 
At 9:16 da tarde, Anonymous Duarte Pio o Granda Tretas said...

Também cá na terrinha Lusa temos as nossas conspirações, vale a pena ler http://www.duarteotretas.blogspot.com/

 

Enviar um comentário

<< Home