sexta-feira, abril 20, 2007

Viver para contar

Foi o nome que deram no Report Tv, programa de reportagem da Sport Tv, ao trabalho exibido esta semana sobre a viagem da selecção de Rugby que foi ao Uruguai fazer história, com a qualificação para o Mundial. Intenso. Comovente.
O espírito de equipa, o espiríto de sacrifício, a vontade indomável.
Está visto que vou ter de aprender as regras do Rugby rapidamente. para perceber alguma coisa do jogo, quando o Mundial chegar.
Que orgulho nesta selecção!

17 Comments:

At 11:36 da tarde, Blogger Just a blog said...

Pois é verdade sim senhor grande equipa (muitos deles do CFB) pena é que depois tenham estragado tudo e envegonhado o nosso País com actos e atitudes menos próprias.

 
At 12:08 da manhã, Blogger ricardo said...

Este comentário foi removido pelo autor.

 
At 12:24 da manhã, Blogger ricardo said...

Aprender as regras, Pedro? Para quê? Para poder gritar "Está fora de jogo, shôr árbitro!!!"?... É vibrar com a Selecção e rezar para que a Nova Zelândia não trate muito mal os nossos rapazes!

 
At 2:06 da manhã, Blogger Cassiano said...

É isso mesmo. Aproveita para conheceres este vibrante desporto.

Desde já te digo para acompanhares, para além dos jogos do nosso 15, também os jogos dos neo-zelandeses, australianos, sul-africanos, franceses e dos países do Reino Unido.

Não acredito que te arrependas. O Rugby é fantástico... tenho pena de ter parado de jogar tão cedo.

 
At 11:23 da manhã, Blogger Paulo said...

Que pena eu não ter a Sportv... não pude ver esse programa :(
Também eu prestei a minha homenagem aos nossos bravos "Lobos": http://totodacabeca.blogspot.com/2007/03/os-lobos-vo-ao-mundial.html
Fiquei muito contente com a qualificação deles.
E mais contente fiquei ao saber que eles iriam jogar no Mundial com os "All Blacks"... lindo!
Força Lobos!

 
At 12:46 da tarde, Blogger Dias... said...

Acompanhei toda a campanha dos Lobos em "casa".
Com as companheiras, a filhota, os amigos, os amigos da filhota... cada uma das partidas foi uma festa, mas daquelas a serio, nada encenado ou forçado como as que acontecem com a selecção de football de 11.

Devias ter estado na cidade universitaria quando aos 81 minutos a nossa defesa empurrou SOBRE A LINHA o paquidermico pack atacante uruguaio permitindo-nos viajar para a ultima das eliminatroria com a vantagem que sabemos.

E as festas no final dos jogos...

E as centenas de putos, que como eu levam o belo do "melão" de casa para trocar uns passes na bela da relvinha durante os intervalos...

Estar com os Lobos é uma festa!

Enviei sms ao grande capitão Uva quando terminou a partida no Uruguai, eu estava a chorar de alegria, tanto quanto vou chorar por não estar lá para nos ver ser orgulhosamente varridos pelos All Black (o jogo de toda uma vida)

O Rubgy, o meu amor por ele, é o que me permite safar-me à vizinhança lagartoncia... não gosto de football digo-lhes eu, e eles normalmente poupam-me

 
At 12:50 da tarde, Blogger Bernardo Moura said...

É verdade!
Grande selecção!
Vamos torcer por eles!
Abraço

 
At 2:58 da tarde, Blogger Just a blog said...

Já agora P esperei que tivesses aqui colocado um post sobre a chegada á final do CFB (lá vamos nós ter que ganhar a taça) para não ser só SLB sei que é o teu clube mas o Belem como todos dizem "gostamos muito, e o meu 2º clube"eu sei que somos Azuis mas somos um Azul transparente, mar, Limpo nada de confusões ou apitos.

 
At 6:38 da tarde, Blogger Henriqueseis said...

Pois é Pedro,á por aímuitoboa gente que não sabe as regras do transito,quanto mais do rugby.
Aparece lá no Mitos Urbanos,tenho novidades.
http://novos-mitos-urbanos.blogspot.com

 
At 9:03 da tarde, Blogger Joaquim Varela said...

As regras são muito básicas. Se tomares como base, que o jogo é um jogo de conquista de território ajuda bastante à sua compreensão.

O Mundial não sei se te vai interessar muito, tal o desnível que vamos ter, para os "All Blacks" (somente o jogo mais importante de sempre da nossa federação e da vida destes jogadores e em que vamos ser heroicamente massacrados), a Escócia e a Itália. Pode ser que consigamos fazer uma gracinha contra a Roménia, mas nem nisso acredito muito. Só não vou ver os jogos se não puder de todo, que o Raguebi é um jogo extraordinário e participando a malta, junta-se sempre o elemento de patriotismo e curiosidade, para ver por quantos vamos perder os 3 primeiros jogos.

Quanto ao documentário, infelizmente deixei passar ao lado (meto sempre na cabeça que esse canal ao fim de semana só dá Futebol). Mas como costuma repetir, depois apanho noutra ocasião.

 
At 9:48 da tarde, Blogger nuno eÔ eÔ said...

Não és só tu.
Eu também!

 
At 11:54 da tarde, Blogger TelmaRRocha said...

É realmente uma dedicação notável. Merecem completo reconhecimento. E que eu perca um bocado a ver rugby, que é uma coisa que ainda não me encanta x)

 
At 5:02 da tarde, Blogger MiSs Detective said...

devo dizer que os meus meninos sao lindos (tirando a parte em que passavam todos para os balnearios em tronco nu e cheios de relva).

Tomás Morais é um senhor.

Foi um prazer acompanhar em tempo real esta batalha.

 
At 8:47 da tarde, Blogger T-Rex said...

O que os rapazes fizeram foi realmente épico. Sem o mesmo tipo de apoios dos 'pros' estão em grande e merecem todo o nosso apoio.
E eu que na adolescência detestava o râguebi porque tinha que esperar um porradão de tempo para ver "Os 3 Dukes" e outras coisas? ;)

 
At 10:46 da tarde, Blogger bitter_sweet said...

Este comentário foi removido pelo autor.

 
At 11:17 da tarde, Blogger bitter_sweet said...

LOL
qualquer jogo que meta bolas na baliza parece-vos bem.

Gostei deste. Pia baixinho mas tá lá. Poooooorto!

 
At 7:29 da tarde, Blogger Confúcio Costa said...

:)

 

Enviar um comentário

<< Home