sábado, março 24, 2007

E agora algo completamente diferente...

Hoje vi um jogo de Rugby.
Completamente à nora com as regras, lá fui tentando perceber a coisa, e sobretudo partilhando a emoção da primeira equipa amadora a apurar-se para uma fase final do Mundial.
Achei emocionantes os comentários na Sport Tv. Não conheço as pessoas que os fizeram, mas adorei aquela emoção genuína, aquela alegria, aquele entusiasmo. Tudo claramente com conhecimento daquilo de que falávam, sem bazófia e sempre tentando explicar o que estava a acontecer, o que, para um leigo como eu, foi precioso.
Emocionei-me com a alegria dos jogadores no final.
Portugal vai ao Mundial de Rugby em Setembro. Fica no grupo da Nova Zelândia.
Os gajos que se ponham a pau!

15 Comments:

At 12:05 da manhã, Blogger ƒLIcĸ™ said...

Diferente... e incrivel. Adoro futebol e não percebo nada de rugby, mas lá tenho visto estes últimos jogos a sofrer com quem percebe, aquela rapaziada (ou a bem dizer "rapagões") merecem. Agora basta ver os jornais de hoje, só futebol e rugby nada, vamos lá ver amanhã. Não se esqueçam só em futebol só ganhamos um jogo de apuramento e em rugby estamos apurados para o mundial. Vamos apostar qual da situações terá mais destaque amanhã nos jornais desportivos?

 
At 10:58 da manhã, Blogger Red_Coast said...

Há coisas fantásticas, não há?!

Akele abraço

WWW.SEMGAS.BLOGSPOT.COM

 
At 12:23 da tarde, Blogger Joaquim Varela said...

Este comentário foi removido pelo autor.

 
At 12:32 da tarde, Blogger Joaquim Varela said...

Os gajos que se ponham a pau? Rir a bom rir.

Os jogadores tugas, quando estiverem a ver o Maori Haka (http://www.youtube.com/watch?v=90-95QTPAPQ) dos "All Blacks", borram-se todos. Ou então não...

No entanto parabéns a esta malta, que estão a fazer história. As prespectivas são as seguintes para uma bam participação:

Escócia - perder por menos de 50;
Nova Zelândia - perder por menos de 100;
Itália - perder por menos de 70

Contra estas 3 equipas, qualquer ponto concretizado é algo de formidável. E finalmente:

Contra a Roménia, se perdermos por 10/12 pontos é bem bom.

Quanto ao desconhecimento do Raguebi, é pena, porque é um desporto extraordinário e com o qual o futebol tinha muito a aprender (penalizações de 10 mins por cartões amarelos, uso de video árbitro nas maiores competições, um fair play extraordinário, o que nem foi o caso dos uruguaios ontem, o árbitro tem uma atitude pró-jogo notável, conversando muito com os jogadores e inclusivé avisando de possiveis faltas que possam cometer, etc).

PS: Na fase de qualificação perdemos 83-0 com os italianos.

 
At 2:55 da tarde, Blogger l00ker said...

mai nada!! ;)

 
At 10:36 da tarde, Blogger Arcebispo de Cantuaria said...

E é mais importante aviar a decadente Bélgica com 4 "secos" ou ser a Primeira Equipa Totalmente (100%) Amadora A Classificar-se Para Um Mundial De Rugby?

E para "combater" o Maori Haka, os nosso rapazes vão fazer o estágio na Cova da Moura e a coisa fica equilibrada... até começar o jogo.

Mas se marcarmos um pontinho, um ensaio que seja aos All Black's equivale-nos a uma vitória.

 
At 12:25 da tarde, Blogger shakermaker said...

Ora viva!

Também nunca percebi muito bem algumas regras do rugby mas sempre gostei do torneio das 5 nações. Aquilo é giro de se ver mas um pouco complicado de compreender.

Curioso, ou não, o seleccionador Tomás Morais é quase, quase meu vizinho. Sim, o chamado Mourinho do rugby é meu conterrâneo de Carcavelos. Não sei se isto é uma coisa boa ou má mas pelo menos é curioso. Acho, claro está.

Um abraço...
shakermaker

http://shakermaker.blogs.sapo.pt

 
At 1:31 da tarde, Blogger Miguel said...

Um desporto que não me diz muito. De regras percebo quase muito pouco. Vibrei com a vitória, aqueles 4 minutos finais foram espectaculares, a nossa equipa bloqueou os uruguaios no meio-campo deles, foi espectacular.

A partir de agora vou prestar mais atenção a este desporto que começo a achar interessante.
FIZEMOS HISTÓRIA. . .
FORÇA GRANDES AMADORES!

 
At 4:20 da tarde, Blogger OD said...

Tal alegria que até ficaram lá mais uns dias, detidos por desacatos hahahaha.
Eu não vi o jogo mas tambem me emocionei quando soube que tinham pasaado.

 
At 4:26 da tarde, Blogger Joaquim Varela said...

Em traços muitos gerais o rugby é um desporto de conquista de terreno, cujo objectivo é colocar a bola (tocando-a com qualquer parte do corpo) na zona de validação de ensaio (rectângulo por detrás dos postes), marcando 5 pontos e tendo direito depois a mais um tentativa aos postes que vale 2 pontos extra.

Não se pode passar a bola para a frente à mão. Para a frente só ao pé. Se a bola é pontapeda na zona dos 22 metros defensivos, pode ser chutada directamente para fora, senão, tem de tocar 1º no chão antes de sair. Se sair directamente, julgo que há lugar a um alinhamento ordenado no local do pontapé.

Sempre que um jogador é placado (e nas placagens também há regras, não se podendo placar "à zé dos cavalos" e é derrubado tem de largar a bola, criando um ponto de alinhamento expontaneo (já lhe ouvi chamar um ponto de amarra ou um ponto de ataque). Normalmente a bola é largada para trás, para ser de novo jogada pela sua equipa. Os adversários neste ponto, não podem entrar nele sem ser pelo "seu lado", nem podem estar a defender para lá da linha da bola, senão estão a incorrer em fora-de-jogo e muito menos impedir a saída da bola.

Todo o jogo violento é castigado com cartão vermelho (como foi o caso do bronco uruguaio contra nós) e o jogo perigoso (placagens altas ou fora de tempo) é normalmente castigado com cartão amarelo, que implica 10 mins fora do campo.

Faltas nos alinhamentos, foras de jogo, etc, são penalizados da forma que o jogador quiser. Pode chutar aos postes (3 pontos) ou pode chutar directamente para fora de campo (conquistar terreno e de preferência o mais próximo da zona de ensaio), com introdução da bola para a sua equipa ou até jogar à mão quando há pouco tempo de jogo e tem de se marcar muitos pontos.

Quando há uma falta, normalmente os árbitros dão a chamada lei da vantagem, durante alguns segundos, para ver se a equipa que está a atacar consegue progredir no terreno.

Nos jogos a sério (alta competição), há video árbitro, o relógio pára, por ordem do árbitro, para retirar eventuais duvidas (Há certos desafios em que o video árbitro só tem determinado tempo para tomar uma decisão, para não quebrar demasiado o ritmo do jogo), assistência médica a jogadores (desde que não façam parte da 1ª linha) é feita com o jogo a decorrer, desde que a bola esteja longe. As substituições são efectuadas sem paragens de jogo. Os árbitros são profissionais. E regra geral, as conversas que têm entre si,através de um sistema similar ao do futebol, são audíveis nas transmissões da TV e por vezes para os espectadores.

É um desporto que desde que se tornou profissional, soube rapidamente dar passos importantes para aproveitar a mediatização dos jogos mais importantes, tal e qual o nosso bem querido e amado futebol, que anda há quase uma década a discutir bolas com chips...

Ah e já não é Torneio das 5 Nações, mas sim das 6, que a Itália entrou para o restrito clube, aqui há uns anos atrás.

 
At 4:48 da tarde, Blogger Paulo said...

Pois eu acho que temos hipóteses de ganhar (ou pelo menos lutar pela vitória) à Roménia.
Quanto aos All Blacks, Escócia e Itália é esperar para ver os nossos rapazes a lutarem com as armas que têm e... não perder por muitos.
Bravo!
Estes jogadores são enormes!

PS: Quero ver o Haka dos All Blacks dedicado a Portugal! Vai ser lindo!

 
At 6:58 da tarde, Blogger V said...

oh meu deus.. vamos perder por uns 1000 a zero... :S
a notícia de que portugal está no grupo da NZ perturbou-me particularmente. Com um namorado neozelandês, já estou a adivinhar o quanto vou ser gozada...

 
At 11:38 da tarde, Blogger SusumuBenfica said...

Também não percebo nada de rugby, e sofri a bom sofrer com este jogo o que nunca pensei que acontecesse com um jogo desta modalidade.

Gosto, sobretudo, do Seleccionador Português Tomás Morais e do seu realismo na abordagem ao campeonato do Mundo, não há cá o choradinho habitual do português, e há objectivo definido. Ganhar á Roménia. Com a Nova Zelandia é Desfrutar...

 
At 11:53 da manhã, Blogger Jorge Simões said...

dds

 
At 11:12 da manhã, Blogger gasaky said...

Fantástico!!! Adorei um post que fala de outro desporto que não o futebol! odeio futebol simplesmente porque monopoliza o mercado do desporto! Queria que se falasse dos oustros desportos como se fala de futebol! Queria que se falasse de outros desportistas, dos desportistas a sério, daqueles praticam um desporto sem receber milhões... como se fala dos jogadores de futebol....

 

Enviar um comentário

<< Home