segunda-feira, fevereiro 26, 2007

Blackfield

Foi uma dica da minha querida Monica Moreira, produtora das Conversas Ribeirinhas, que um dia destes no messenger me disse: ouve lá isto, tenho a certeza que vais gostar.
E acertou em cheio. Não conhecia e agora estou viciado neste disco.
Conheça-se, pois, a música que esta malta faz.
A minha preferida chama-se 1.000 people. Mas há muito mais. A descobrir.

11 Comments:

At 9:58 da manhã, Blogger Pedro said...

Mais uma vez estás no jogo mais importante do fds...
Belíssimo trabalho. O Rita passa-se com o Essien...
hehehehe

 
At 12:39 da tarde, Blogger Rocco said...

Bom, muito bom! Já conhecia e também recomendo.

Abraço
Rocco

 
At 2:03 da tarde, Blogger Jaymz said...

Por acaso à dias tb descobri uma banda com um som bem porreiro, se quiserem ouvir este é o site da banda http://www.onaplain.com

 
At 3:17 da tarde, Blogger SpiKe said...

Tb já conhecia. Óptimo som. Porque não passam mais disto na Comercial?

 
At 10:38 da tarde, Blogger A mão que escreve said...

Por acaso não conhecia, mas vou passar a conhecer...
Já que falam em novas revelações também achei uma banda com um som fixe, Orangotang, não sei se conhecem, mas aqui fica o unico endereço que conheço deles...

http://orangotang.hi5.com

 
At 11:06 da tarde, Blogger diz-me... said...

estou a gostar. obrigada mónica e pedro.

 
At 5:58 da tarde, Blogger T-Rex said...

Obrigado pela dica. Não conhecia mas parecem-me bons. A rever.

Vedeta ou Marreta ?
Pernas de Pau
Comentários da Bola

 
At 1:25 da manhã, Blogger #andRé said...

visitem:

http://jornalficticias.blogspot.com/

 
At 12:10 da tarde, Blogger qualromaqualq said...

pedro! o que é que aconteceu à Foxx?????

 
At 3:54 da tarde, Blogger João D. said...

Primeira vez que aqui posto, e a segunda coisa que leio é um disco que ainda ontem ouvi...nada mau.

Já é o segundo disco do projecto do steven wilson com o aviv geffen(acho que é assim o nome do homem), tipo iraniano acho eu. O disco anterior também segue mais ou menos a mesma bitola, mas eu acho que neste "II" as coisas chegam a um plano ainda maior.

È curioso ler isto, porque o steven wilson é "só" o principal mentor da minha segunda banda favorita: os porcupine tree, rock progressivo com influências pinkfloydianas, genial no preparo e aprumo das canções, brilhante nos ambientes que proporciona.

Se se gostou de blackfield que se ouça porcupine tree...começar por um "in absentia" ou pelo "signify" é capaz de ser o melhor caminho.

 
At 11:26 da tarde, Blogger biodesagradaveis said...

Por vezes tem toques de RADIOHEAD.

APC

 

Enviar um comentário

<< Home