domingo, janeiro 14, 2007

Um dia de domingo (na estrada)

É obsceno o número de pessoas que anda com crianças nos automoveis e não toma as medidas mais básicas de protecção à vida das mesmas. Crianças sentadas sem cinto de segurança, sem cadeiras próprias, debruçadas entre os bancos a espreitar o vidro da frente...
Faça-se um referendo para proíbir estas pessoas de andar na estrada! Escandaloso.

9 Comments:

At 7:11 da tarde, Blogger Joaninha said...

É realmente uma despreocupação atroz... e totalmente incompreensível. Basta ver os casos de crianças transportadas entre os dois passageiros duma motorizada ou encavalitados no banco da frente dos carros comerciais... as coisas estão a melhorar, mas ainda há muita cabecinha que precisa de esclarecimentos mais reais... só aí, perante o susto, tomarão alguma atitude. O que é estúpido, no mínimo.

Bom início de semana e boa emissão para amanhã! É segunda-feira,custa sempre, mas lembra-te que o pior são só os primeiros 10 minutos ;)
*

joaninhadepapel.blog.com

 
At 7:12 da tarde, Blogger Jonas said...

Já são proibidas, mas ninguém fiscaliza.

Sempre comprei cadeirinhas XPTO 3x9=27 top of de pops, e em todas as operações stop em que me mandaram parar até hoje, NUNCA um polícia foi verificar se a cadeirinha preenchia os requisitos mínimos exigidos pela lei.

 
At 9:40 da tarde, Blogger Marco said...

e o pior é que esses pais tiverem um acidente com a criança no carro, e mesmo que seja ele culpado, vai dizer que a culpa é nossa, que a criança poderia-se magoar e muito. nunca são eles os culpados mas sim os outros.

 
At 10:15 da tarde, Blogger BlueAngel said...

É de facto vergonhoso que isso aconteça. Tb fico chocada com esse tipo de situações. Ainda há pouco tempo soube de uns conhecidos que tiveram um acidente e que levavam a filha ao colo da mãe no banco do pendura. Fiquei pasma!!!! Isso sim seria de referendar e bem! Quando é o dia para eu poder ir "botar" o meu voto?

 
At 9:45 da manhã, Blogger Paulo de Oliveira said...

Obsceno e acima de tudo criminoso, e a maior parte dessas pessoas aparentam uma estranha normalidade, dizem amar os filhos mas aparentemente gostam de viajar com um projectil debruçado entre os bancos da frente, e provavelmente ainda devem ter o descaramento de no supermercado comprarem produtos biológcos porque os outros fazem mal...

 
At 12:01 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Este fim de semana vi uma mãe entrar no carro com a filha de 2 meses ao colo e seguir viagem, ao lado ia a cadeirinha vazia...
Deu-me vontade de dizer qualquer coisa, mas depois lembrei-me de uma resposta que me deram em situação semelhante:
- Então é quando não havia cadeiras como é que se fazia, isto das cadeiras é só para gastar dinheiro!

Tamanha estupidez não dá para ouvir duas vezes.

 
At 12:59 da tarde, Blogger Sir said...

E aposto que a maioria são contra a despenalização do aborto, porque ao abortar está-se a tirar uma vida.

 
At 6:08 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Oh, isto é Portugal pah!
Infelizmente não há nada a fazer...

 
At 7:28 da tarde, Blogger binladenparte2 said...

Ora bem, eu sou um pouco mais radical nesse sentido, por mim esses pais que transportam as suas amadas criancinhas sem qualquer tipo de segurança deviam ser logo condenados por homicidio na forma tentada, porque uma criança tanto de 2 meses coma de 10 anos ainda não tem qualque tipo de consciência dos perigos que corre quando se deixa transportar sem qualquer segurança.
Sobre esta situação era de fazer um referendo, e podiam contar com o meu voto favoravel.
Já agora só mais uma nota para resposta ao Sir:
Sou um pai com consciência e amo a minha filha mais que tudo, e ao viajar transportoa com toda a segurança, mas não é por isso que não sou a favor da despenalização do aborto, e por favor não confundam as coisas, não tem nada a ver uma coisa com a outra.

Hasta la vista
Bin Ladenparte2

 

Enviar um comentário

<< Home