sábado, outubro 21, 2006

U2 by U2



















Já chegou.

A tentação de ler tudo de uma vez foi grande.
Um dia, 4 gajos decidiram fazer uma banda, respondendo a um anúncio do mais novinho, que tocava bateria. Nenhum deles percebia grande coisa de música, antes pelo contrário. Mas trabalharam. Muito. E tinham ideias, grandiosas.
Esta é a história deles, contada pelos próprios, recorrendo a fotografias que encontraram nos álbuns de família e nos seus próprios arquivos pessoais.
U2 by U2. O meu Natal está feito. Obrigado.

P.S. - E se fosse possível ter Pearl Jam e U2 no mesmo concerto? E se o concerto fosse...no Hawai. E se pudessemos estar lá e ver com os nossos olhos? Vai ser. Aqui.

11 Comments:

At 11:09 da manhã, Blogger Pedro said...

São os maiores. Não só pela fantástica musica q criaram mas por tudo.
São a maior banda do Mundo e não há nenhuma q lhes possa rivalizar.

 
At 12:58 da tarde, Blogger T-Rex said...

Grandes. Muito Grandes!

Existem 3 tipos de bandas:

- As que vendem discos.
- As que fazem boa música.
- Os U2.

Um abraço, pedro e p.

Vedeta ou Marreta?

 
At 2:21 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Também preciso. Muito.

 
At 4:04 da tarde, Blogger Marco/Tomás/Lena said...

ora deve ser um belo livro..
nao fazia ideia keles nao percebiam nada de musica...lol...
acho k ninguem faz!
capaz de ser giro...

 
At 4:22 da tarde, Blogger Sergio21 said...

os u2 sao mais que uma simples banda...

 
At 5:32 da tarde, Blogger Joaquim Varela said...

eeacwstQue é que se passa aqui?!

Que misturada é esta? Falar dum livro com uma foto do próximo (e esperemos que último) "Best of", que é uma imposição da editora e parece que os senhores estão de malas aviadas para outras paragens?

O disco, palavra de honra que não entendo de todo o seu interesse. Vai trazer somente uma musiquélia nova, que fizeram de propósito para um concerto que foi dado este mês em Nova Orleães, e cujas receitas reverterão para as vitímas do furacão Katrina.

O livro, estou à espera que chegue uma tradução em português, para então adquirir essa coisada. Até lá contínuo a roer-me de inveja e tal...

 
At 11:14 da tarde, Blogger alexandra said...

Bom, bom seria um concerto natalício por estas bandas... Isso é que era! Seria o meu Natal, Dia de Reis, passagem de ano e aniversário todos juntos! O do ano passado soube a pouco. E já agora, um concerto organizado por profissionais... um evento sem "trafulhices" á mistura. Paguei €200,00 para conseguir um bilhetinho para o relvado. Valeu todos os cêntimos gastos, mas não há necessidade!

Também gostaria de ver um livro de poesia ou prosa (romance, ficção, contos, quem sabe...) da autoria dos meninos. Com letras daquelas, jeitinho não lhes falta para as palavras!

Desculpem lá, mas já que estou a pedir, que peça a sério (bem... e o euromilhões, e tal...)! :-)

 
At 12:37 da manhã, Blogger Joaquim Varela said...

Assim já está OK. Depois da actualização e aumento dos dados do post, que faz parecer o meu comentário (ainda mais) ridículo, sinto-me no direito de ainda acrescentar mais umas singelas linhas.

Quanto a esse concerto, a coisa promete, pena ser no "cú do mundo", senão até era gaijo par ir a expensas próprias.

Apesar de serem duas das minhas maiores referências musicais, que tive oportunidade de ver cá no último ano e picos, pela parte que me toca, passo, não pela companhia, mas porque me auto-excluí de todo e qualquer prémio radiofónico, dado que já tive o meu quinhão.

Ouço depois a bootleg, mas cheira-me o seguinte:

-Se os Pearl Jam tiverem as mesmas condições que os U2 (julgo que não vai suceder, porque o concerto é U2 com PJ na 1ª parte e estes devem actuar a habitual uma hora), dão tareão nas calmas. OS U2, nos dias que correm são demasiados profissionais. Quase não há lugar ao improviso, a algo que ocorra num determinado momento. Isso e o facto de não desejarem ser a maior banda do mundo.

Se nada disto ocorrer, então quem lá estiver terá 4 horas e meia de actuação ao vivo de 2 excelentes bandas (2,5 dos PJ mais 2 dos U2).

Pensando melhor na coisa, Xiça, que isso seria coisa para me matar literalmente. 24 horas de avião para cada lado?! Mas está tudo doido? Para já nem falar no meu vício de tabaco? Como é que alguém consegue passar 48 horas a dar uams passas de fugida? E o "Jet-Lag" deve ser uma coisa do outro mundo!

PS: Boa sorte para essa aventura pá!

 
At 10:24 da manhã, Blogger chateaufiesta said...

O que é que eu posso fazer para ir ao Hawai ver as 2 melhores bandas do mundo, hein? Eu quero ir!!

 
At 9:43 da tarde, Blogger Šonђo Ažu£ said...

Se pudesse também eu lá estaria!!!

Grande beijo.

 
At 1:52 da tarde, Blogger bz said...

Oh Pedro, q tortura!! :( Já vi os "meus" U2, os "meus" Pearl Jam...melhor que isso só...: VÊ-LOS JUNTOS! Confesso ser a minha terceira fantasia, e a q falta realizar :P
Quanto ao livro e afins, mal posso esperar pelo Natal!!! :D~

P.S. - Notícia de um "U218" (entre outras!) surpreenderam-me e não foi de todo pela positiva...a ver vamos!

 

Enviar um comentário

<< Home