segunda-feira, agosto 14, 2006

It's only Rock and Roll?


Ver os Stones ao vivo. Já os tinha visto, mas nunca de tão perto. Ter a oportunidade de estar ali, mesmo por cima do palco, e ter do estádio a perspectiva deles próprios, aquele mar de gente rendida desde Jumping Jack Flash até ao fim. Aquilo é uma máquina sim, mas ainda se percebe uma certa atitude, e sobretudo uma energia e um gozo em palco que são admiráveis. E é uma máquina de espectáculo, algum mal nisso? Os velhinhos são tipos para dar um concerto a sério. E o de sábado foi muito bom. Excelente lugar (já falei disso?), óptima companhia (depois de aventuras de condução em becos impossíveis em Coimbra, Andantes com ares de fora da lei á chegada ao Porto, francesinhas depois do concerto num sitio qualquer na Boavista, porque no Capa Negra foi impossível...) Estava calor, foi uma bela noite, apesar da sangria ser lamentavel...Ah, e ainda me leram a sina. Sim. E eu sempre fascinado com a crença de quem olha para as marcas da mão e debita destinos, manias, passados e futuros. Mas só me dá para rir.
It's the nature of my game...

24 Comments:

At 9:20 da manhã, Blogger marília said...

Também lá estive...Devias ter ido jantar ao Chamiço, que as francesinhas estavam óptimas! ;)
Só uma questão: disseste há pouco na RC que o Metro não funcionou (?). Eu fui e vim de Metro, e correu tudo bem! O que se passou contigo?

 
At 9:21 da manhã, Blogger Sergio21 said...

grrrr

nem todos somos priveligiados. quem me dera ter ido! nasci a ouvir stons.

enfim lá me vou ter de contentar com o dvd como sempre

 
At 11:38 da manhã, Anonymous Nuno Marques said...

Bem espero que depois dessa visita ao "tripanário" tenha tomado as devidas precauções, é quase preocupante uma exposição de cerca de 2 horas em local tão degradante... Mas enfim se foi pra ouvir o Mick é uma atenuante a ter em conta...

Bom dia

 
At 11:47 da manhã, Blogger Sergio21 said...

tambem apoio o ulitmo comentario!

 
At 11:52 da manhã, Blogger PIU said...

Eu também Fui!!!

Mas fiquei com a sensação que o público não vibrou tanto como isso..
Fiquei na Relva, chamada VIP e o pessoal não estava muito animado na primeira parte do concerto...

Destaco 2 pontos altos, de um concerto fantástico:
Midnight Rambler: Sublime!!!!!

Keith a dizer que era bom estar de volta a esta cidade: Afinal ainda não recuperou da queda ;)

Quanto à aventura de jantar depois do jantar..Meu deus, que stress..A Cufra estava impossivel. o Capa Negra nem tentei, na Pipa uma tosta mista demorava 1 hora (!!!) (e ainda bem, porque não queria nada comer na Pipa :P ). às 4 da matina lá consegui lugar no museu dos presuntos..
Enfim, valeu a pena e no proximo estou lá outra vez!!!!!!

@ Marilia: Esse Camiço fica onde?Na contituiçon??

 
At 11:56 da manhã, Blogger negative creep said...

"Bem espero que depois dessa visita ao "tripanário" tenha tomado as devidas precauções, é quase preocupante uma exposição de cerca de 2 horas em local tão degradante... Mas enfim se foi pra ouvir o Mick é uma atenuante a ter em conta..."

hahaha muita piada... não sabes o que me fizeste rir com este comentario, senhor nuno marques. enfim...

 
At 12:07 da tarde, Blogger Joao said...

Eu tambem fui, mas numa prespectiva mais mundana da coisa, de baixo para cima. Espectáculo absolutamente brilhante a todos os níveis, mas que apelido de "grande transmissão de um dvd em directo", devido ao facto de estarem uns suecos bem mais altos do que eu (e o pior, em tronco nu, o que durante os saltos me fazia ter de realizar alguma ginástica para nao haver contacto com a pele deles) e de portanto, só conseguir acompanhar a essência do espectáculo via "ecrã-gigante" (que ia mundando de época, tal como as musicas). Ainda assim, vi os Stones. Isso já poderei dizer à filharada!

 
At 12:26 da tarde, Blogger Tino_de_Rans said...

Só gostava de saber é em que Becos se meteram pra ir dar ao Telheiro...

 
At 12:27 da tarde, Blogger marília said...

Para @piu: O Chamiço fica na constituição, sim. E por incrível que pareça, no final do concerto tinha várias mesas livres. O pior foi por volta das 2h da matina...havia fila à porta para entrar!!

 
At 1:40 da tarde, Anonymous qj said...

Eu também lá estive e até te vi, P.. Depois do concerto passaste mesmo à minha frente com cara de poucos amigos, devido, talvez, a um metro atafulhado. Podia ter-me apresentado, mas não quis deixar-te ainda mais mal disposto. Afinal os stones eram o mais importante da noite. Olha, tinha-te feito jeito a bicla! ;) Para a próxima não a ofereças assim tão depressa! Que tenhas tido uma boa noite. Eu tive!

 
At 2:35 da tarde, Blogger J G said...

espreita:

http://grandesons.blogspot.com/2006/08/rolling-stones-os-ltimos-heris.html

 
At 3:12 da tarde, Anonymous Mary said...

Eu também lá estive, mas no relvado! Grande concerto!!! :D **********

 
At 4:26 da tarde, Blogger Izzi said...

Eu fui e para mim nada falhou. Estive no relvado e durante todo o concerto dos Stones ninguém parou! Não posso dizer o mesmo durante os Dandy Warhols. Várias pessoas, comigo incluída, não acharam assim tanta piada ao som deles.

Na saída achei algumas dificuldades para sair do estádio e segundo me disseram o metro estava impossível e eu própria vi a quantidade de gente à porta quando me ia embora.

Não me aventurei na onda das francesinhas mas também me pareceu que ia ser um bocado para o confuso...

Foi a primeira (e muito provavelmente a última) vez que pus os pés no Estádio do Dragão, e posso afirmar que não se compara à nova catedral - nem por sombras...

 
At 6:06 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Claro que não se compara! Há coisas que não têm comparação... Prefiro um tripanário a uma catedral. Até pq não vou em religiões...

 
At 6:30 da tarde, Anonymous Mary said...

Eu sou suspeita para falar disto, até porque sou portista...mas o estádio do Dragão é muito bonito! E visto do relvado ainda mais!! Só gostava de ter tido uma panorâmica do público, como o pessoal que estava no palco! (se bem que continuo a achar que quem lá estava não viu um espectáculo tão bom como nós no relvado...desculpa lá, Pedro... :P)

 
At 11:21 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Aposto que algumas pessoas não foram ao concerto por ele se ter realizado no Dragão. Isso é doentio e triste!

 
At 12:20 da manhã, Anonymous Mary said...

Houve alguém assim tão estúpido?!

 
At 6:49 da tarde, Blogger Mari said...

O Porto é simplesmente O Porto!!!

E a Mary é de cá...
:)

Mundo pequenino:p

 
At 8:04 da tarde, Anonymous qj said...

Houve sim pessoas que eu conheço que, apesar de grandes fãs dos Stones, se recusaram a entrar no Dragão, assim como evitam ter que sequer passar perto do Porto. E depois eu é que provoco rivalidades...

 
At 9:17 da tarde, Anonymous Mary said...

qj - Tou parva... :O A estupidez de algumas pessoas pode ser muuuuuito grande mesmo... (não sabem eles o que perderam!!!)


A Mari tb é de cá! :P Olá miúda! ***

 
At 2:35 da manhã, Anonymous Vê-se uma vez para contar aos netos e basta! said...

Quem os viu em Coimbra de certeza que desta vez preferiu ficar em casa porque são uma banda que não traz nada de novo(além de quilos de material circense)e que já devem muitos anos à terra. Têm qualidade e valor histórico ,mas como disse outra lenda viva da música metam a viola no saco!

 
At 2:23 da tarde, Blogger Sergio21 said...

n pude deixar de passar em claro este ultimo comentário. axo que tem toda a razao(loooooooooooooooooooooooooooooooooooooool). Os dzrt é que rula n é? os stones têm k aprender muito com estas novas bandas. lol

 
At 9:49 da tarde, Blogger Abssinto said...

Sempre preferi Beatles;)

Abraço

 
At 2:11 da manhã, Blogger June said...

Também lá estavas? Moi aussi!
Foi divinal!!!
Bjs.

 

Enviar um comentário

<< Home