terça-feira, agosto 01, 2006

(...)

Desde ontem que ando aqui com uma sensação de quase tristeza, não se chega a ficar realmente em baixo, mas fica-se assim...na dúvida. Ter ido á escola dos meus filhos para os ir buscar ontem foi...estranho. A escola está praticamente vazia. O meu filho teve só 2 colegas da sala dele lá. A minha filha teve meia duzia. A escola está praticamente deserta e não há lugar a grandes actividades. Estão ali.
Este foi o último ano em que pude tirar férias noutros meses que não Agosto, pois com a entrada da minha filha no ensino básico, ficaremos todos amarrados a essa inevitabilidade. Mas pergunto-me, face ao cenário destes dias lá na escola, se não terido sido realmente melhor ter-me rendido já às férias em Agosto (em que é tudo mais caro, mais cheio, com pior serviço, etc). Já lhes perguntei se eles estão bem com tão poucos meninos para brincar lá na escola. Eles parecem não ligar grande coisa, mas...uma pessoa fica sempre a pensar...a Escola é um espaço de vida por excelência, de putos a correr e a brincar, gritaria infantil. Ver a escola tão sossegada fez-me impressão. E sobretudo porque há ali uma certa indolência, um "apenas deixar passar o tempo" que me incomodou. Se eu tivesse uma alternativa boa, eu não os deixava na escola este mês, a verdade é essa. Mas...that's life. Eu quando era puto tinha 3 meses de férias e não me aborrecia! Mas, ainda assim...

27 Comments:

At 10:59 da manhã, Blogger Ana Sousa said...

Estou mais que solidária contigo... é mesmo esse "deixar passar o tempo" que me incomoda... parece que os "despejamos" ali e pronto...

 
At 11:03 da manhã, Blogger Eu said...

pois...tens toda a razão...os mEus ficam os dois em casa - continuam a ter poucos para brincar, mas sempre brincam com a/o irmã/o

;)

 
At 11:39 da manhã, Blogger 'mega' said...

'eu por sinal costumo ficar aborrecido é sem férias... 3 meses é pouco..'

 
At 11:54 da manhã, Blogger Pevide said...

eu, por enquanto fico com a minha melancia... para o ano lá terá ela esse dilema!

 
At 12:03 da tarde, Blogger mãe gabi said...

e eu daqui por anos vou passar pelo mesmo!

 
At 12:13 da tarde, Blogger Morena said...

Pois lá em casa a coisa complica-se mais um pouco...A escola fecha o mês de Agosto e reabra ao 4º dia útil de Setembro o que dá qualquer coisa como 25 dias uteis fechada...
E lá tem de vir a avó paterna ficar com a pequena uma semana, e nós tirarmos 15 dias de férias num mês que detestamos e no final vem a tia (que ainda está na faculdade) ficar com ela até ao dia do regresso à escola...
É uma dor de cabeça todos os anos conjugar as coisas por forma a tudo bater certo...

 
At 12:26 da tarde, Blogger rui said...

pois, amigo...
o pior é quando, por força das circunstâncias - não ter os avós maternos nem os paternos por perto, a família mais próxima a trabalhar a 100 km de distância, etc - somos obrigados a tirar as férias na segunda quinzena de agosto, porque simplesmente o infantário fecha.
piorzinho ainda é, com dois dias de antecedência, avisarem-nos que para a semana o infantário fecha para obras e perceber que, nem a mãe pode tirar férias, porque está num emprego há pouco mais de 3 meses [e darem 15 dias de féras já foi fenomenal], nem o pai pode tirar férias à conta de um volume interminável de trabalho por resolver... sem família por perto, sem ninguém para tomar conta do miúdo, que fazer?! é que a malta precisa do emprego para sobreviver...

 
At 12:51 da tarde, Blogger fantasma said...

Enquanto eles te parecerem bem, tenta não te preocupar... sei que não é fácil, mas os miúdos também dão conta de si próprios bem.
:)

 
At 1:43 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Como professora acredita que eles aproveitam estes dias para usufruir dos miminhos das educadoras, algo que durante o ano é mais complicado devido ao número de crianças.
E quando eles não se sentirem bem, vão ser os primeiros a dizer-te.
Fica bem e «boas manhãs».

 
At 2:02 da tarde, Blogger João Tiago said...

MAs então que é feito das colónias de férias?!
Aidna hoje guaro das melhores recordações desses dias
cairam em desgraça?!
Agora há campos aventura, há campos bla bla bla

 
At 2:18 da tarde, Blogger anamoris said...

É assim somos obrigados a tirar férias em Agosto, eu por mim nem me importo como vou para o Alentejo profundo é sempre calmo. Compreendo muito bem a tua preocupação os meus filhos depois de acabar a praia do Colégio estavam cansados de escola e tive de arranjar outras alternativas com Avós, primos e tios.
Verdade, verdade o que nós queríamos era ter mais tempo para passar com eles, as férias passaam tão rápido.
Beijos

 
At 3:16 da tarde, Blogger Former Canadian said...

Sem dúvida...Há sempre a sensação de que se podia fazer algo mais por eles, para além do descargo de consciência que é levá-los e ir buscá-los. Mas a Escola também tem a sua responsabilidade por não dar mais vida aos filhos dos pais-que-lutam-por-férias-sem-ser-em-Agosto.
Primeira vez que visito o teu Blog.
Parabéns homem dos 7 instrumentos. Continua o bom trabalho.
Queria ter-te dito isto no Carrefour de Oeiras enquanto buscava uma lata de leite de Côco, mas não tive coragem, nem achei bem fazê-lo.
PS:Pena seres do Benfica...Por falar em pena, dei por mim a ter pena do Rui Costa. 34 anos e consegue ser o melhor...é obra!

 
At 3:34 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Queres um conselho?
Não te preocupes. Eles ficam bem. Até há uma vantagem no meio de tudo isto, têm mais contacto com as crianças de outras salas e, como são menos, as educadoras também têm mais tempo para eles.
Eu estou tranquila. E depois há a piscina nos dias de mais calor e os dvd's que eles adoram. Afinal não há nada como uma boa história.
Beijos.
Marida

 
At 4:03 da tarde, Blogger Irritadinha said...

Oo importante é o intercâmbio entre alunos das diferentes salas. Vá não te preocupes.
beijinhos

 
At 4:18 da tarde, Blogger PavlovDoorman said...

São outros tempos Ó Gúru da comunicação.
Na minha meninice havia espaço para brincar, pra jogar à bola, pra brincar as apanhadas, ao estica,etc.
Agora além do espaço ser pouco o sindrome do medo tomou conta da sociedade e não se deixa as crianças brincar na rua.

 
At 4:22 da tarde, Blogger Ana Rita said...

Se ela já vai para o ensino básico está em plena idade de ir para uma colónia de férias! Eles adoram sempre e são 8 a 15 dias inesquecíveis! ;) Pensa nisso...
www.upaje.pt

 
At 4:43 da tarde, Blogger Mamã P. said...

Como te compreendo... desde que a minha nasceu que sou forçada a tirar férias em Agosto (contra vontade). Mas não posso gozar um mês de férias seguido, ao contrário da ama da minha filha, pelo que durante 15 dias ela divide-se entre a minha mãe e a minha sogra e mesmo assim já está sozinha (na ama).
Mas sabes que aproveitam estes dias para terem a atenção toda para eles.

 
At 4:51 da tarde, Anonymous psi2 said...

Férias!...

 
At 5:56 da tarde, Anonymous Marco said...

shôr Pedro no seu tempo e tb no meu, apesar de n ser o mesmo, nós brincavamos em qualquer sitio assim como quase tds as crianças, agora os pais tem medo, e com alguma razão, e os putos vão para atls, campos de férias - os que ainda resistem -, para casa dos avós.

 
At 7:21 da tarde, Anonymous manuela said...

Não te preocupes eles divertem-se na mesma!
Só o facto de estarem de "ferias" ja lhe é agradavel.
Fica bem :)

 
At 7:42 da tarde, Blogger BlueAngel said...

Não tenho filhos, mas ontem fiquei triste quando soube q a minha sobrinha e uma das minhas sobrinhas estão na escola com poucos meninos. Por muito que sejam férias concordo contigo quando pensamos em escola pensamos num local cheio de crianças a correr e a saltar. Não é o que acontece agora. Mas eles aproveitam e nem pensam como nós, acho q somos todos demasiado preocupados. Eles nem se apercebem!

 
At 9:12 da tarde, Blogger Šonђo Ažu£ said...

Deve ser uma verdadeira tristeza para os meninos e meninas estarem enfiados na escolinha e sem as salas cheias de meninos...

Eu passava os meus 3 meses de férias no Baixo Alentejo (ali ao lado das Minas de S Domingos) e hoje recordo esse tempo com uma enorme saudade. Adoro o Alentejo!

Beijos para ti e para os teus meninos!

 
At 9:44 da tarde, Anonymous pecola said...

Essa sensação é super normal. A escola é para as crianças, as corridas, os gritos, as bolas quase quase a partir os vidros (apesar de, com as recentes políticas de substituições, o panorama ter mudado bastante)! Mas a vida também é assim, de mudanças. Agora não pensam nisso, mas há.de chegar a hora em que são eles a ter saudades do que ficou.

 
At 9:56 da tarde, Blogger Just a blog said...

Pois é assim infelizmente o estado actual do ensino podiam aproveitar estas alturas para fazerem actividades várias passeios,jogos de criatividade,visitar museus etc mas preferem ficar a espera que chege a hora dos Pais irem buscar os seus filhos, é pena com tanta coisa bela que poderiam fazer e é nestas idades que deveriam ser incentivadas a fazer.

 
At 10:08 da tarde, Blogger Butterfly said...

Pois é Pedro... realmente é esquisito entrar numa escola e não ouvir barulho de crianças a brincar... Eu sou Educadora de Infância e sei o que isso é...

 
At 11:11 da tarde, Blogger nudi said...

pois...mas agora puxando a brasa a minha sardinha, tinhas de ter o teu filhote num atl, como o que eu trabalho:os putos n param quietos:passeios, actividades.ficamos estoirados, mas vale bem a pena.
um bj
diverte.te
vans

 
At 11:15 da tarde, Blogger nudi said...

so mais uma coisinha:o joão tem razao: as colonias de ferias são sempre uma boa opção.informa-te e para o ano ja sabes:os putos custumam amar, são sempre bem tratados, e tu apesar das saudades ja não tinhas essa preocupação...
um bj
www.upaje.pt
lol
vans

 

Enviar um comentário

<< Home