segunda-feira, junho 05, 2006

Um dia.















Está a fazer agora 17 anos que um grupo de estudantes chineses desafiou o poder em Pequim. Foram esmagados, como a imagem sugere. Este ano, como sempre, a data é ignorada pelos media chineses. Nos Jogos Olimpicos de Pequim é possível que o rastilho se reacenda, com o mundo inteiro lá. Mas olhando para esta imagem...acredito que um dia este tipo será um herói, o seu nome será dito com orgulho por novas gerações de chineses livres, o seu nome deixará de ser ignorado pelos livros de História desse grande país. Porque um dia ele entregou-se todo à mais nobre das causas: a Liberdade. De pensar, ousar exigir, tentar o impossível.
Um dia.


10 Comments:

At 12:16 da tarde, Blogger Ana said...

Infelizmente é de desconhecidos, e esquecidos, que se faz a história.

xxx

A

 
At 1:11 da tarde, Blogger PM said...

O Homem que parou os Tanques (the Tank Man) chamava-se Wang Weilin mas isso é o que menos interessa.

Todas as causas impossíveis começam por momentos como este... Pode levar 10 anos, 50 anos ou 100 anos mas há-de acontecer, um dia

 
At 1:19 da tarde, Anonymous Anónimo said...

o problema, caríssimos,
é que possivelmente, outra coisa seria impossível.
e estamos sempre muito longe de saber como estas coisas devem funcionar.
ou seja, o que aconteceria a Pequim, ou à China ou ao mundo se estes jovens tivessem espoletado a Liberdade? não digo que seja tudo melhor assim, mas... pelo caminho que a China está a ter, acho que, depois de terem calçado a bota, talvez seja este o melhor método de a descalçar.
a China tem um mundo lá dentro, e imaginar que as mudanças possam ser feitas de um dia para o outro, ou com um Bang, é o maior dos equívocos.
sim, foi um herói, mas pelo que fez, e não pelo ficou feito. aos poucos a sua coragem dá frutos. eu, pelo menos, acredito nisso.

pedro

 
At 6:54 da tarde, Blogger BlueAngel said...

Não o teria dito melhor!!!!!!!

 
At 8:12 da tarde, Anonymous Crezia said...

Impressionante como podem ingorar o que se passou, não é?
Apesar de serem 17 anos parece-me uma coisa tão... tão pouco fim de século... é triste.

 
At 8:36 da manhã, Blogger Porco said...

Na altura tinha 10 anos. Lembro-me muito vagamente do que se passou...

Estudos indicam que dentro de 10 anos, ou mesmo menos, a China será a maior economia mundial. Com essa evolução algum dia a liberdade chegará. E nessa altura certamente o nome deste jovem será evocado.

Já agora, alguém sabe o que aconteceu ao jovem do tanque? Onde está ele agora?

 
At 11:04 da manhã, Anonymous sofia said...

a China é a maior democracia do mundo! seguida pela igualmente grande, Cuba! Digam isto a comunistas que eles concordarão convosco imediatamente!

 
At 1:22 da tarde, Blogger Admin said...

Grande post...

Sou um alentejano que há muito vê o teu blog...e cada vez me dá mais vontade de o voltar a ler...

Muitos parabens:)

 
At 7:01 da tarde, Blogger R1sk3z said...

"When you're sixteen you think you can take on the world, and sometimes you're right."

 
At 5:16 da tarde, Anonymous Anónimo said...

I find some information here.

 

Enviar um comentário

<< Home