terça-feira, outubro 18, 2005

Alice

Há muito tempo que um filme não mexia tanto comigo. O facto de ser pai de dois filhos terá contribuído para isso, claro, mas acho que qualquer ser humano se sentirá tocado pelo drama desta história. Beatriz Batarda e Nuno Lopes vão mutíssimo bem. O filme, sendo português, tem bom som, o que só por si já é uma conquista.
Adorei, mas foi como se tivesse apanhado uma carga de pancada, pois o filme não tem um momento light, é sempre a doer.
Perturbador e devastador, os adjectivos de que me lembrei, ao sair de uma sala onde aconteceu algo que eu achei muito curioso. O filme acabou, ninguém se levantou. Estava tudo anestesiado. Acenderam-se as luzes e muito lentamente as pessoas começaram a sair da sala, abalados com a história que acabavam de ver. Uma senhora, ao meu lado, pediu ao marido: "Dá cá o telemovel, tenho de saber dos nossos netos!"
Um filme que nos toca as entranhas. A não perder...se forem capazes, porque acredito que o filme seja insuportavel para muita gente. Eu confesso que fui ver por dever profissional. Ontem entrevistei o Nuno Lopes e gostei muito da conversa. Vai para o ar um dia destes. Gosto de acreditar que, por essa altura, a "Alice" já possa ter sido encontrada.

10 Comments:

At 10:08 da manhã, Blogger Cruxe said...

Eu quero ir ver esse filme. Mas como, tal como tu, pai de dois filhos e com o terceiro a caminho, assusta-me a história. Neste momento não vou ver pela simples razão de não ser bom para a minha mulher grávida.
Já ouvi dizer que só pela interpretação do Nuno Lopes vale bem a pena.

 
At 10:16 da manhã, Blogger guga said...

Estou ansiosa por ver o filme, mas ao mesmo tempo tenho medo dos sentimentos que me vão sobressaltar durante e depois, por isso vou adiando...

bjs Sandra

 
At 11:57 da manhã, Blogger Winters said...

Fiquei com pica para ir ver o filme hehehehe

 
At 1:47 da tarde, Blogger Pedro Lopes said...

magnífico filme!

é impossível sair de lá sem uma lágrima no canto do olho...

o nuno e a beatriz estão de parabéns! a cena na polícia é excelente!

ah! e parabéns a ti pelas conversas ribeirinhas ;)

 
At 3:33 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Pois é já tive para ir ver mas ainda não deu ... De qualquer maneira quero muito ir ver.
Olinda

 
At 6:18 da tarde, Blogger Elora said...

Já vi que não vou conseguir ir ver. Raios! Eu antes de ser mãe via tudo.

 
At 10:26 da manhã, Anonymous leonor said...

de facto devastador....... terrivel mesmo a obsessão daquele pai, a dor no masculino como nunca foi filmada!! Nuno Lopes simplesmente 1 espanto!!!

 
At 12:10 da tarde, Blogger AnaBond said...

Não sei se vou ver no cinema, mas em casa concerteza vou ver... mas sei que vai ser terrível.
Também eu depois de ser mãe vejo as coisas de maneira diferente...

 
At 7:04 da manhã, Blogger patrica said...

grande entrevista na sic radical... parabéns...

 
At 12:09 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Já vi.. Grende interpretação de Nuno Lopes adorei....
Olinda

 

Enviar um comentário

<< Home